Órgão municipal tem buscado aperfeiçoar suas técnicas para aplicação durante as ocorrências

A Defesa Civil de Itaquaquecetuba participou de um treinamento na cidade de Juquitiba de como agir em caso de enchente com o uso de balsas. Foram simuladas situações de resgate às vítimas, teste de equipamentos e técnicas de trabalho com a participação de 11 agentes orientados por três instrutores da empresa Canoar.

Em terra, a preparação focou no ajuste de equipamentos, orientações sobre a entrada na água com dispositivos adequados, a maneira correta de inflar o bote e passar a corda, instrução de quantas vítimas podem ser resgatadas por bote diante das condições e como transitar na água.

Já na água, a equipe aprendeu sobre remada em frente e em ré, circular, leme de popa, apoio inferior, ferring em linha, resgate, natação em corredeira, uso de cabo de resgate, dinâmica da corrente do rio e leitura de “linha”.

O colete salva-vidas e o capacete são itens obrigatórios de segurança, as cordas são usadas para o resgate de pessoas ilhadas, o salto da ponte é simulado para treinar situações em que não há outra forma para chegar até a vítima e os botes são utilizados para áreas de difícil acesso.

“Durante uma enchente, a enxurrada pode levar o que estiver pela frente, incluindo as vítimas, por isso que o rio Juquiá de Juquitiba, por possuir correnteza, nos aproxima da realidade e isso ajuda no preparo”, destacou o coordenador da Defesa Civil, Anderson Marchiori.

“Em período de chuva, todo cuidado é pouco. O treinamento é fundamental e tenho muito orgulho em ver como nossos agentes são dedicados em trabalhar e proteger a nossa população”, disse o prefeito Eduardo Boigues.

Operação Verão

A Operação Verão teve início em dezembro e tem por objetivo manter a atenção redobrada no período de chuva. A Defesa Civil, inclusive, mantém o Plano de Contingenciamento para Desastres Naturais com a interação das secretarias, concessionárias que prestam serviço no município e o Corpo de Bombeiros para que a população receba pronta resposta quando houver necessidade.

Condemat

O coordenador da Defesa Civil de Itaquaquecetuba assumiu, na semana passada, a coordenação do Grupo de Trabalho de Defesa Civil da Câmara Técnica do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).

A gestão será de 2024 a 2026 para o desenvolvimento de trabalhos em conjunto, além de buscar diálogo e recursos junto ao governo estadual. A primeira atividade da Câmera Técnica é a organização do calendário para ações de prevenção, orientação e aperfeiçoamento.

Encontro nacional

Um grupo de servidores de Itaquá participou do 1º Encontro Nacional de Planos Municipais de Redução de Riscos, em Brasília, em dezembro.

Organizada pela Secretaria Nacional de Periferias/Ministério das Cidades, o município foi um dos dois do estado de São Paulo que participou do evento.

Em cooperação com a Unicamp, a Secretaria Nacional de Periferias (SNP) vai elaborar 20 Planos Municipais de Redução de Riscos (PMRR) e Itaquá foi contemplada com o benefício.