Iniciativa visa oferecer moradia digna e integração social

A Secretaria de Habitação de Itaquaquecetuba realizou, no Jardim Amanda Caiuby, mais uma edição da Reurb Continuada, que tem por objetivo aproveitar o momento do cadastro social para levar outros serviços públicos aos moradores.

O projeto é focado na melhoria dos bairros que estão passando pela regularização fundiária, buscando diminuir a evasão das famílias mais vulneráveis após a finalização do processo.

Cerca de cem munícipes realizaram o cadastro social na última quinta-feira (7) e se beneficiaram com os serviços de saúde, meio ambiente, do CadÚnico, Sabesp, entre outros. O projeto está atendendo os 44 núcleos que estão em processo de regularização, que equivalem a 30 mil lotes e cerca de 100 mil pessoas. 

“O contato direto fortalece o vínculo entre a gestão municipal e a população, promovendo uma relação de confiança mútua e gerando resultados mais impactantes e duradouros para o bairro, além de facilitar o acesso da população a outros serviços em um só lugar”, disse a secretária de Habitação, Angela Quirino.

Os próximos núcleos a receber o projeto são Asa Branca, Chácara Dona Escolástica, Jardim Ipê, Jardim São Manoel, Marengo, Parque Souza Campos e Vicente de Paula. A iniciativa coleta informações das demandas do bairro que possam contribuir com a qualidade de vida dos moradores para aplicar medidas que impactam na geração de emprego e renda.

“Mais do que moradia digna, queremos promover a integração social e gerar senso de pertencimento na comunidade. Fico feliz em ver a população participando da ação. Os serviços da administração municipal estão se aproximando do munícipe pela Reurb Continuada”, acrescentou o prefeito Eduardo Boigues.