Loteamento clandestino estava sendo feito em Área de Preservação Ambiental

A Guarda Ambiental de Itaquaquecetuba prendeu, nesta sexta-feira (16), um homem em flagrante pela prática de loteamento ilegal em uma Área de Preservação Ambiental (APA) na estrada dos Batistas, na Vila Sônia. O homem foi conduzido para a delegacia para responder pelo crime.

De acordo com a ocorrência, as equipes estavam em patrulha pelo bairro quando receberam uma denúncia anônima. Quando chegaram no local, os agentes iniciaram a abordagem e o indivíduo se apresentou como topógrafo, mostrando um suposto mapa da área.

Após consulta, os agentes constataram que as informações não eram verídicas e que a área em questão é de preservação, configurando crime ambiental. O secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira, pontuou a importância da detenção.

“Itaquá não é mais uma terra sem lei, mas nem todos sabem disso. Antigamente a cidade era ponto ideal para oportunistas ganharem dinheiro invadindo áreas indevidas e de proteção ambiental, mas nossos agentes realizam patrulhas contínuas para coibir essa prática”, disse.

“Temos uma Guarda Ambiental focada e equipada para agir em situações como essa, além de moradores cada vez mais engajados em denunciar, o que ajuda diretamente no avanço da cidade e na resolução de crimes”, completou o prefeito Eduardo Boigues.

Para denúncias de crimes ambientais como aterramento, supressão (corte) de vegetação, loteamento clandestino e descarte de lixo, a população pode ligar para o 153.