A Prefeitura de Itaquaquecetuba antecipou de oito semanas para 21 dias o intervalo de aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19 da Pfizer para a população acima de 18 anos.

A recomendação foi feita pelo governo estadual, conforme indicado na bula do imunizante, e começa a valer nesta terça-feira (19). Para os adolescentes, o intervalo continua sendo de oito semanas.

“Quem só recebeu a primeira dose da Pfizer até agora pode conferir o cartão vacinal para verificar a nova previsão de retorno ao posto. Se o período já tiver passado de 21 dias, o munícipe também pode ir tomar a dose”, explicou o secretário de Saúde, Edson Rodrigues.

Lembrando que a primeira dose está liberada para adolescentes acima de 12 anos, a segunda para quem chegou ao prazo e o reforço para idosos acima de 60 anos, imunossuprimidos acima de 18 anos e profissionais de saúde.

Para se vacinar é necessário ter em mãos o RG, CPF e comprovante de endereço. Se for menor de idade, precisa estar acompanhado pelos pais ou responsável legal. Se não estiver, deve levar o termo que está no steam360.com.br. Para tomar a segunda dose ou o reforço, o município pede que seja apresentado o cartão de vacinação.

“Essa antecipação é positiva porque vai ampliar a proteção e aumentar a cobertura vacinal do município. Basta olhar na carteirinha qual foi a data da primeira dose e contar 21 dias a partir dela”, disse o prefeito Eduardo Boigues.