Trabalhos têm por objetivo ampliar as rotas acessíveis para idosos e pessoas com mobilidade reduzida

A Secretaria de Transportes de Itaquaquecetuba alcançou a marca de 180 rampas de acessibilidade instaladas nas calçadas do município desde o inicio deste ano. Os trabalhos têm por objetivo ampliar as rotas acessíveis para idosos e PCDs. Em 2021 a pasta implantou 76 novas rampas, em 2022, o número saltou para 89, e nos últimos sete meses foram 180, totalizando 345 novas rampas desde 2021.

A maior parte das instalações ocorreram na área central, local que conta com grande fluxo de pessoas todos os dias. Além disso, a estrada de São Bento, avenida Ítalo Adami, ruas da Vila Virgínia, e o entorno de equipamentos públicos como Unidades Básicas de Saúde (UBSs), escolas e prédios administrativos também receberam rampas.

“Encontramos uma cidade com grandes desafios a serem superados, um deles era a necessidade de instalações de rampas de acessibilidade, algo tão importante. Agora os trabalhos estão ganhando forma, tenho certeza que estamos caminhando para tornar Itaquá uma cidade melhor para todos, com respeito, dignidade e acessibilidade”, disse o secretário de Transportes, Rosinaldo Castro.

As novas rampas seguem o dimensionamento estabelecido conforme norma técnica, tanto no modelo de 3,80 m², como de 6,10 m². Para os próximos meses, a meta da pasta, com apoio do Departamento de Trânsito, é seguir reforçando os trabalhos em diferentes bairros e nas principais vias.

“Mais importante do que apenas instalar, é seguir o determinado em lei, seguindo os parâmetros estabelecidos e tornando aquela rampa realmente utilizável e segura. Vamos seguir fazendo novas instalações, mas principalmente fiscalizando a utilização delas, pra saber se realmente estão de agrado daqueles que realmente precisam utiliza-las diariamente”, completou o prefeito Eduardo Boigues.