Evento será realizado em formato participativo e é necessário inscrição prévia

A Secretaria de Planejamento de Itaquaquecetuba vai realizar, de 9 a 11 de outubro, a “Conferência da Cidade – Itaquá 100 anos” para discutir e elaborar de maneira participativa o futuro da cidade. No dia 9 será no auditório Semecti, na rua Jundiaí, 331 – Vila Monte Belo, já o segundo e terceiro, nos dias 10 e 11, no auditório da UNG, na avenida Uberaba, 251 – Vila Virgínia, sempre das 9h às 17h. 

Os eixos abordados têm por objetivo propor o debate entre autoridades e gestores públicos dos três entes federados, falar sobre a retomada da conferência e a importância da realização delas no âmbito municipal, além de sensibilizar e mobilizar a sociedade para o estabelecimento de agendas, metas e planos de ação.

Avançar na realização de um planejamento integrado para a promoção do desenvolvimento urbano sustentável da cidade também fará parte da discussão, assim como propiciar o debate popular e avançar na construção da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano. Para participar, é necessário se inscrever pelo link: cutt.ly/pwnkeYi7.

“A participação popular é fundamental nesse processo. Após a discussão dos seis eixos, haverá a eleição dos delegados que trabalharão em conjunto com os membros do conselho do Plano Diretor, compondo o conselho da cidade”, explicou o secretário de Planejamento, Alexandre Feijó.

No dia 9, a programação consiste em explanações sobre a retomada do conselho, programas federais e estaduais de habitação e desenvolvimento urbano, a importância das conferências municipais e do planejamento participativo. O evento seguirá falando sobre como construir a cidade que queremos com a apresentação e debate de estratégias nacionais e estaduais relevantes, além das principais questões do grupo de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Já no dia 10, será discutida a visão do desenvolvimento sustentável do município combinando interpretações com as agendas nacionais e estaduais. No dia 11 serão analisados indicadores e objetivos com a apresentação dos resultados da oficina e eleição do conselho. “Se queremos uma cidade melhor, precisamos fazer a diferença. Ir em busca, levar informações e partilhar. Precisamos pensar na cidade do futuro. Por isso estamos empenhados em construir esse diálogo com a população”, acrescentou o prefeito Eduardo Boigues.