Prefeitura de Itaquá inicia plano de atendimento educacional especializado aos estudantes com deficiência

Foto - Jonathan Andrade

A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação, iniciou o ano com Atendimento Educacional Especializado (AEE) aos estudantes com deficiência.

Para efetivar o trabalho em consonância com as escolas, professores e especialistas em AEE, a Semecti fez parceria com a APAE para fazer o agendamento médico com o neuropediatra Yesid Fernando Salazar, designado para atender essas crianças.

Uma das propostas do plano de governo do prefeito Eduardo Boigues se refere às parcerias com áreas intersetoriais para traçar estratégias e disponibilizar recursos de acessibilidade. Deste modo, a intenção é promover atividades junto a serviços de saúde, assistência social, Apae e outras instituições. Essa relação viabiliza a garantia de direitos dos que estão no plano de ação do Atendimento Educacional Especializado.

“A intenção é minimizar os trâmites de espera e oferecer suporte e qualidade no atendimento às crianças, bem como facilitar a vida dos pais”, disse o secretário de Educação, Lucas de Assis Costa.

Devido à pandemia e seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19, o médico atendeu cinco crianças nesta segunda-feira (11), como o Lorenzo Santos de Almeida, 4 anos, aluno da EMEB Vila Zeferina. Ele passou pela avaliação e foi encaminhado para realização de exames com outras especialidades.
De acordo com a mãe de Lorenzo, Ana Claudia Chaves Santos, desde 2019 o filho aguarda por esse atendimento. “Fico feliz pela prefeitura proporcionar acolhimento ao meu filho, nos sentimos mais protegidos e amparados”, disse.

No final da avaliação com o médico, as famílias receberam uma máscara e um frasco de álcool em gel, oferecido pelas técnicas da equipe multidisciplinar.