Resultado dos trabalhos realizados neste ano são positivos

O balanço apresentado pela Secretaria de Saúde de Itaquaquecetuba, para marcar o aniversário de 463 anos da cidade, aponta o ritmo acelerado de melhorias. O avanço é visto através dos novos equipamentos entregues, do aumento no número de atendimentos e, principalmente, na qualidade do serviço prestado.

“Sabemos que a saúde enfrenta grandes desafios, mas temos uma equipe unida, pronta para cada situação, e fortalecida para fazer a mudança. O resultado disso está sendo visto no dia a dia, em cada uma das nossas unidades de saúde”, disse a secretária interina de Saúde, Kelly Gasparini.

Ainda no combate à Covid-19, a pasta iniciou 2023 reforçando as campanhas de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e nos mutirões aos fins de semana, no formato casa a casa com a busca ativa. A pasta também ampliou as ações de vacinação contra a gripe, meningite, poliomielite e febre amarela.

Entre os equipamentos em obras e que em breve serão inaugurados, a pasta iniciou a construção da UBS Jardim Tropical, que está recebendo R$ 1,5 milhão de investimento para atender pelo menos oito bairros. Além dela, as Unidades de Saúde da Família (USFs) do Pequeno Coração e Josely, assim como a UBS Jardim do Carmo, passam pelos últimos ajustes da reforma e serão reinauguradas em breve.

Entre as unidades entregues neste ano, o destaque fica por conta da UBS Fortuna, que realiza cerca de 7 mil atendimentos por mês de 11 bairros do entorno. Outra grande novidade foi a inauguração do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantojuvenil, que atende crianças e adolescentes com transtornos mentais, e da Residência Terapêutica, que abriga pessoas que deixaram hospitais psiquiátricos de longa permanência.

Atendimentos

Apenas entre janeiro e agosto deste ano, o serviço de urgência e emergência, que engloba o Centro de Saúde (CS) 24 horas, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Centro de Saúde Infantil (CSI), realizaram mais de 365 mil atendimentos. O maior volume ocorreu na UPA, com 141.381, seguido do CS 24h, com 137.848, e o CSI, com 85.959. Além disso, a pasta realizou, de janeiro a julho, 323 mil exames laboratoriais, coletas de sangue, urina, fezes, entre outros.

Na carreta Mais Exames Itaquá, estacionada na Vila São Carlos, foram realizados mais de 11 mil exames de ultrassom. O espaço também promoveu 2.134 consultas oftalmológicas e 486 cirurgias de catarata. “Saúde sempre foi prioridade na nossa administração. Hoje estamos vendo a transformação de toda a rede de atendimento, com informatização, rapidez e, principalmente, qualidade no acolhimento”, completou o prefeito Eduardo Boigues.