Em alusão ao dia Internacional de Combate a LER (Lesão por Esforço Repetitivo) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) foram distribuídos panfletos pela equipe da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, nas estações de trem Itaquaquecetuba e Manoel Feio. A ação teve apoio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Guarulhos.

Segundo a diretora do departamento, Kelly Gasparini, foram prestados esclarecimentos sobre as doenças relacionadas ao trabalho e a entrega de panfletos com instruções de como prevenir essas lesões. São consideradas as doenças que mais afetam os trabalhadores brasileiros, segundo constatação do estudo Saúde Brasil 2018, do Ministério da Saúde.

A LER e o DORT são danos decorrentes da utilização excessiva de um mesmo movimento e da falta de tempo para recuperação. Caracterizam-se pela ocorrência de vários sintomas, de aparecimento quase sempre em estágio avançado, que ocorrem geralmente nos membros superiores, tais como dor, sensação de peso e fadiga. Algumas das principais, que acometem os trabalhadores, são as lesões no ombro e as inflamações em articulações e nos tecidos que cobrem os tendões.