O Ginásio Municipal de Esportes ‘Sumiyoshi Nakaharada’ sediou nesta terça-feira, dia 23 de abril, o primeiro campeonato de vôlei adaptado entre Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs)  de nove cidades. Ilhabela, Ferraz de Vasconcelos, São Sebastião, Poá, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Arujá, Jacaréi e Itaquaquecetuba são os municípios que fizeram parte da disputa, envolvendo cerca de 200 atletas e uma torcida animada durante todos os jogos. O evento contou com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal Esportes.

Durante a realização o secretário de Esportes, Ronaldo Nava destacou o compromisso da administração municipal com a APAE e os seus assistidos e colocou a pasta à disposição para a realização campeonatos em outras modalidades esportivas para este público.

“Podemos fazer campeonatos de basquete, futsal e promover outros jogos para os alunos da APAE aqui no Ginásio. As portas estão abertas”, afirmou Nava.

O presidente da APAE de Itaquaquecetuba, Fernando Magalhães acompanhou de perto os jogos e reforçou a importância do esporte como ferramenta de inclusão social.

“Mais do que o esporte e a competição, estamos propondo uma ferramenta de inserção social que é capaz de fazer com que o nosso assistido seja valorizado e participe da sociedade de maneira ativa e muito feliz. Ficamos felizes com a acolhida da Prefeitura e certamente usaremos as portas abertas para outros eventos que pretendemos discorrer”.

Com olhar atento a cada movimento na quadra, Rosana Souza Luizi, mãe do Cesar Luizi, de 10 anos, comemorou com entusiasmo cada ponto marcado no decorrer dos jogos, independentemente do time que havia somado.

“A alegria deles é o mais importante”, comentou Rosana que há três anos matriculou o filho autista na APAE de Itaquá.

No final do campeonato, São Sebastião saiu com o título de campeão, seguido por Ilhabela e Guarulhos. Os atletas receberam troféus e medalhas.