A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através do Centro de Referência de Assistência Social – Cras do bairro Morro Branco inaugurou nesta segunda-feira, 3, uma exposição com as telas pintadas pelos idosos atendidos pelo Cras, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). A mostra intitulada de ‘Um tempo no qual tenho saudade’ vai até o dia 14 de setembro no supermercado D’avó de Itaquá.

A exposição também está sendo desenvolvida em parceria com a Associação da Vila Zeferina, e os trabalhos foram feitos nas oficinas do Cras baseados na obra de Almeida Júnior, reconhecido pintor brasileiro, nascido em Itu, São Paulo, em 1.850, e que conquistou seu lugar na história com um conjunto de telas de temática regionalista.

Para a confecção das pinturas, os idosos tiveram o acesso a um material cedido pela Pinacoteca de São Paulo, com livros, pôsteres e um vídeo sobre o pintor.

De acordo com a coordenação do Cras Morro Branco, o trabalho desenvolvido retrata o cotidiano e os sentimentos das pessoas, apresentando a infância e a alegria dos idosos desde as brincadeiras e trabalho na roça até os momentos com a família.

A exposição terá 45 telas e ficará aberta para visitação das 10 às 21 horas, com entrada franca. O endereço do local da mostra é Avenida Ítalo Adami, 1.809, no bairro Morro Branco, Itaquaquecetuba.